Notícias
Home / Notícias / Piscinão Captou 85% das Águas

Piscinão Captou 85% das Águas

Da Redação.11/02/2020
Em São Bernardo, Piscinão do Paço e sistema de drenagem são aprovados em primeiro teste
Equipamento inaugurado em agosto de 2019 captou 85% do volume de água na região

O Piscinão do Paço Municipal, inaugurado em agosto de 2019 pela atual gestão, e o sistema de micro e macrodrenagem passaram em seu primeiro teste durante as chuvas do início de fevereiro de 2020. Na última sexta-feira (07/02), a cidade foi acometida por uma forte chuva. Em menos de 30 minutos, caiu 50 mm na região central, segundo os pluviômetros do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e os pluviômetros da CIM (Central Integrada de Monitoramento) da Prefeitura. Isso provocou pontos de alagamento e espelhos d’água. Em menos de 30 minutos, tudo foi normalizado em função do sistema de drenagem.

“Caso o Piscinão e o sistema de drenagem não houvessem sido inaugurados no ano passado, a região central teria ficado submersa, a exemplo do que ocorreu em novembro de 2018, quando choveu 45 mm na região do Paço. Isso deixou toda a região central submersa e, consequentemente, e trouxe danos para todo o ABC e também para a Capital”, lembrou Marcos Cayres, diretor de Divisão da Defesa Civil.

O acumulado de 1 a 8 de fevereiro nos bairros de São Bernardo são: região do Paço (116 mm), Dos Casa (148 mm) e Vila São Pedro (138 mm). Esses números estão bem próximos da média história de fevereiro que é de 216 mm. “Estamos muito satisfeitos com o desempenho do Piscinão do Paço, que evitou tragédias como em anos anteriores, absorvendo 85% do volume de água. Por isso não houve nem nada parecido no município como o que ocorreu na capital e outras cidades da Região Metropolitana estão vivendo hoje”, afirmou o prefeito Orlando Morando.

O chefe do Executivo lembrou das duas últimas fortes chuvas enfrentadas pela cidade, em novembro de 2018 e março de 2019, quando o Piscinão estava em obras. A região central ficou submersa, na qual inúmeros comerciantes perderam tudo, inclusive os lojistas da Rua Jurubatuba.

MAIOR VOLUME DE CAPTAÇÃO – No sábado, por volta das 19h, o Piscinão do Paço obteve seu maior volume captação, atingindo 85% de sua capacidade, o equivalente a 185 milhões de litros de água. “Se não houvesse o Piscinão, todo este volume estaria na superfície, o que teria provocado pontos de alagamento por toda a região do Centro de São Bernardo”, destacou engenheiro Fernando Ramos, diretor de Macrodrenagem da Prefeitura.

Boa parte do volume de água absorvido pelo reservatório foi captado por meio de pontos de micro drenagem espalhados na região central da cidade. Instalados pela Prefeitura em áreas estratégicas e com distância de, no máximo, 50 metros entre cada um, essas micro drenagem, foram responsáveis por fazer a captação da água e enviar todo o volume para o Piscinão do Paço, por galerias que descarregam no túnel de 950 metros de extensão, 6 metros de diâmetro e 18 metros de profundidade, que liga a Alameda Glória até o Paço Municipal.

“Essa integração de toda a rede foi fundamental para o escoamento da água em um curto período”, destacou o engenheiro Fernando.

Paralelo a isso, a cidade contou também com o apoio de obras de drenagem nos bairros lindeiros, o que proporcionou uma melhor captação e escoamento da água, tais como a galeria da Rua Warner e do reservatório do Tanque das Mulatas. Estações elevatórias de águas pluviais espalhadas pela cidade também ajudaram a melhorar a micro drenagem em trechos importantes do município.

TALUDE – Dentro das ações para prevenção as ocorrências de chuvas, a Administração municipal também tem executado amplo projeto de prevenção de riscos, denominado PAC Risco 2, que engloba 19 obras para construção de taludes em 14 assentamentos precários e irregulares, beneficiando um total de 3.275 famílias, por meio de investimento de R$ 24,8 milhões.

Outras nove intervenções de prevenção de riscos estão sendo realizadas pela Secretaria de Serviços Urbanos nas nove áreas mais impactadas pelas fortes chuvas de março do último ano. As obras estão recebendo investimento de R$ 34 milhões, sendo R$ 30 milhões do governo estadual e contrapartida municipal de R$ 4 milhões.

Sobre o admin

Além disso, verifique

Prefeito Orlando Morando visita Bruno Covas no Hospital

Da Redação: 07/02/2020 O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, realizou visita nesta quinta-feira (06/02) ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *