Home / Notícias / Reinício das Obras

Reinício das Obras

Da Redação

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, autorizou neste sábado (17/03) a retomada da construção do piscinão do Paço – uma das obras mais emblemáticas herdadas em situação de abandono pela atual gestão. A continuidade da intervenção, após hiato para auditoria contratual, deverá colocar um fim ao problema de enchentes na região central da cidade, dentro de um prazo máximo de 20 meses. O anúncio do reinício de obras contou com presença do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, em cerimônia realizada no estacionamento da Prefeitura.

“De tudo que temos paralisado na cidade esta é a retomada de obras mais importante, por tudo o que ela representa. Este projeto decepcionou a população, por tantos problemas e desrespeito que trouxe aos moradores. Agora, vamos acabar por definitivo com as enchentes na cidade para na sequencia concluir o túnel”, anunciou o chefe do Executivo. A concretização do projeto foi viabilizada após um minucioso trabalho de auditoria realizado pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), contratado pela atual administração.
Após aditamento, a obra completa está orçada em R$ 353 milhões, com parte dos recursos da União, uma vez que integra o Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC), do governo federal. Os serviços serão tocados pelo consórcio Centro Seco.
“Nosso objetivo maior é retomar essas obras paradas que representam a irresponsabilidade e o desrespeito com o imposto pago pela população. Que se responsabilizem os autores destes atos, que geraram a interrupção e o descaso com o dinheiro público. Nós do ministério temos tido esse compromisso para que a retomada de obras seja uma constante. Este é um projeto importantíssimo e o maior, no âmbito de saneamento, que tínhamos pendentes”, destacou o chefe da pasta, Alexandre Baldy.
A cerimônia também foi acompanhada pelo deputado federal, Guilherme Mussi, pelo vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, secretário de Habitação, João Abukater, e outras importantes autoridades da região.

Habitação – Além do reinício das obras do Centro Seco, o município também conquistou recursos da ordem de R$ 30,6 milhões junto à União para execução de 19 obras de contenção de encostas em 14 assentamentos precários e irregulares que deverão beneficiar 3.275 famílias da cidade. As ações do projeto integram a fase 2 do plano de prevenção de riscos do município e combinam a execução de drenagem urbana, tratamento de encostas e recuperação de vias de acesso, com possibilidade de remanejamento de famílias ocupantes dos setores de risco.

A intervenção será feita em duas etapas, beneficiando núcleos como Novo Horizonte, Vila Progresso, Biquinha, Parque São Rafael, Vila São Pedro, Golden Park, Jardim Regina, Jardim Limpão, Pai Herói/Nova Baeta, Montanhão Parque Imigrantes, Jardim João de Barro e Jardim Laura. Ainda na área de Habitação, o ato também marcou a entrega de legitimações de posse de propriedades a moradores da Vila Mariana, localizado no bairro São Pedro, cujas demais regularizações seguirão ao longo do segundo semestre deste ano. As ações integram o programa municipal A Casa é Minha.
Além deste loteamento, a secretaria de Habitação já protocolou processo de regularização no Jardim Esmeralda, Conjunto Habitacional Lavínia e Jardim Jussara. O registro deverá sair nas próximas semanas. Também estão em fase final, os registros dos loteamentos Fei Mizuho, Frei Damião e Vila da Biquinha. O ministério também encaminhou aporte de R$ 5 milhões para projetos de mobilidade urbana executados pelo Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

Sobre o admin

Além disso, verifique

Princesa FM é Brasil

A Copa do Mundo na Rússia iniciou na quinta-feira com cerimônia de abertura do Mundial ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *